Advogado de cristãos escapa de tentativa de assassinato

| 20/01/2006 - 00:00


Segundo a Associação de Ajuda à China (CAA - Christian Aid Association), um dos mais famosos advogados chineses, Gao Zhisheng, quase foi assassinado em um atentado dos agentes de segurança do governo.
 
Segundo o relatório de Gao dado à CAA, em 17 de janeiro, enquanto dirigia em uma auto-estrada no noroeste de Pequim, um carro misterioso (com sua placa coberta por um jornal) parou de repente em frente a ele. Gao conseguiu parar seu carro a apenas alguns metros do outro veículo. Quando o advogado saiu de seu carro e foi caminhando para o outro, esse carro começou a andar em sua direção. Gao teve que sair da frente para não ser atropelado. Enquanto o carro ia embora, o advogado viu que o jornal tampando a placa havia caído; assim ele pode anotá-la. Além disso, conforme Gao, durante todo o "acidente" havia um veículo militar parado por perto.

Desde que escreveu seu primeiro apelo público ao presidente chinês Hu Jintao e ao primeiro-ministro Wen Jiabao, pedindo-lhes para prestar atenção ao sofrimento dos seguidores da seita Falun Gong, Gao e sua família têm corrido perigo. Ele tem se posicionado contra violações de direitos humanos e liberdade religiosa, sendo um dos principais advogados do pastor de igreja doméstica, Cai Zhuohua.

O escritório de advocacia de Gao teve sua licença suspensa por um ano, e sua própria licença para advogar foi revogada pelo Comitê de Justiça de Pequim em dezembro de 2005. Ele se converteu recentemente ao cristianismo.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco