Igreja é atacada no Paquistão

| 03/04/2006 - 00:00


Uma igreja foi invadida por desconhecidos na noite de 30 de março. O padre responsável pela paróquia pediu para a polícia fornecer mais segurança aos moradores cristãos da área.

Um grupo de pessoas não-identificadas arrombou a igreja em Mian Channu. Segundo a agência de notícias AFP, eles arrombaram a igreja e incendiaram a mobília.

O delegado local, Sajjad Khan, disse à agência: "Iniciamos uma investigação do incidente, mas acho que ele foi feito para criar uma tensão religiosa na área".

Em meio a essa situação tensa na cidade, um político cristão disse à AFP que o ataque foi mesmo para criar um conflito entre a comunidade cristã e muçulmana.

Em fevereiro, as portas e janelas de uma igreja foram incendiadas em Sargodha, uma igreja foi queimada em Sukkur e outra foi saqueada por um bando muçulmano por causa de boatos de que o Alcorão havia sido profanado.

O último ataque a uma igreja em Mian Channu, na província de Punjab, pede por medidas estritas para frustrar possíveis ataques contra igrejas no país.

Nathaniel Barkat, um padre da igreja, disse que pediu proteção à polícia porque os cristãos ainda estão muito abalados com o ataque.

Nathaniel declarou à imprensa: "Estávamos dormindo no nosso quarto perto da igreja naquela hora. Não sabemos quem fez isso".

Os culpados ainda estão soltos. "Até agora, não fizemos nenhuma detenção, mas os policiais estão investigando o incidente. Logo encontraremos aqueles que fizeram esse ato vergonhoso", garantiu o delegado local Sajjad Khan.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE