Kofi Annan aposta no diálogo intercultural baseado na diversidade

| 10/04/2006 - 00:00


O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, apostou hoje, na cidade espanhola de Sevilha, na ultrapassagem dos preconceitos coletivos e na promoção de um diálogo constante, baseado na premissa de que a diversidade, tanto no pensamento como nas crenças e na ação, é um dom prezado, não uma ameaça.

Annan, que recebeu o I Prêmio da Fundação Sevilha Nodo entre Culturas, disse que a época atual, supostamente ilustrada, enfrenta um aumento crescente do extremismo e da intolerância e alertou sobre o risco de o diálogo essencial entre muçulmanos, judeus e cristãos se reduzir a um irado intercâmbio entre seus pólos opostos.

Isso pode ocorrer se os moderados de cada uma das partes permitirem aos extremistas falar em seu nome e considerarem que os extremistas da outra parte representam toda sua comunidade, acrescentou o secretário-geral da ONU e vencedor do Prêmio Nobel da Paz em 2001.

Segundo Annan, devemos educar-nos, assim como as nossas sociedades, para superar os estereótipos que caracterizam o outro e evitar classificações simplistas que exacerbam os mal-entendidos e impedem a resolução autêntica dos problemas.

Leia mais no UOL.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco