Mitos islâmicos incentivam a perseguição aos cristãos

| 04/08/2006 - 00:00


Desde que foi eleito presidente do Irã em junho de 2005, Mahmud Ahmadinejad usou todos os meios que pôde para levar o Irã de volta aos dias da Revolução Islâmica e para fazer do país o líder mundial em agressividade.

Ahmadinejad é dirigido por uma ideologia. Ele acredita que seu chamado divino é para apressar a vinda do "Mahdi" (o Messias xiita, o 12º imame oculto) e para preparar o Irã para recebê-lo.

Segundo um mito, Mahdi desapareceu no século nono. Ele voltará da obscuridade (esconderijo) na fonte que está atrás da mesquita Jamkaran, na periferia da cidade iraniana de Qom, durante um período de caos mundial. Ele vai liderar a batalha apocalíptica entre o bem e o mal e estabelecer a ordem global do islamismo.

Caos no mundo

Convencido de que o retorno de Mahdi é iminente, Ahmadinejad prepara o Irã para sua chegada. Vários projetos de infra-estrutura estão a caminho para o proveito de Mahdi. Ahmadinejad prometeu livrar o Irã do cristianismo e de todas as perigosas influências e práticas não-islâmicas. Ele também está criando um caos no mundo por incitar o anti-semitismo, defender o genocídio, reforçar seu arsenal, cortejar ditadores e abastecer a tensão em todo o planeta.

Segundo aquele mito, quando o Mahdi voltasse do esconderijo, Jesus voltaria dos céus para ser seu seguidor e orar em favor dele. Jesus lutaria contra o Dajjal, o enganador ou o falso Messias. Jesus também declararia que o islamismo é a verdadeira religião e converteria todos os cristãos ao islamismo. Então o Dia da Ressurreição chegaria.

A perseguição contra a Igreja iraniana aumentou assim que Ahmadinejad foi eleito. O último incidente foi com um cristão iraniano chamado Issa Motamadi, preso por causa de sua fé no dia 24 de julho, na cidade de Resht. (Clique aqui para ler essa notícia.)

Os estudiosos da situação do Irã estão preocupados com o fato de Ahmadinejad aumentar a perseguição contra os cristãos enquanto os olhos do mundo estão nos conflitos no Líbano.

Mas, Aquele que fez os olhos pode ver! (Salmo 94.8-11). Então, nos voltamos para Cristo, que prometeu edificar sua Igreja, e a quem todas as autoridades nos céus e na terra foram dadas pelo benefício da Igreja (Efésios 1.22).

Pedidos de Oração

 Que o Senhor frustre e confunda todos os governantes que conspiram contra  Senhor (Salmo 2), especialmente o presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, e todos os líderes que apóiam seu programa contra a Igreja;

 Que o Espírito Santo faça uma obra grande e poderosa no Irã, revelando Cristo como Messias, Redentor, Salvador e Amigo;

 Ore por Issa, sua esposa Parvah e seu filho, bem como por seu pastor, amigos e família. Todos eles correm o mesmo risco de serem presos como Issa. Que Deus os proteja e os sustente física, mental, emocional e espiritualmente. Que eles sejam fortalecidos e sintam a presença do Senhor de forma profunda;

 Que Deus conceda a Issa Motamadi uma defesa e as palavras certas para falar (Mateus 10.19), e que todas as coisas cooperem para o Reino e a glória de Deus.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE