Cristãos detidos durante treinamento bíblico são soltos

| 31/10/2006 - 00:00


Os 35 cristãos que foram presos no dia 26 de outubro, em Xinjiang, durante um treinamento bíblico foram libertados após interrogatório. O pastor de origem coreana naturalizado americano está sob vigilância em um hotel.

A Associação de Ajuda à China (CAA, sigla em inglês) informou que os 35 cristãos foram libertados após 12 horas de interrogatório. A polícia tratou os presos com relativa "gentileza" durante o interrogatório e, de acordo com testemunhas, as mulheres não sofreram abusos dessa vez, mas pelo menos um dos cristãos foi agredido pelos policiais e 2 cristãos foram multados em 50 iuans (6 dólares).

O foco da investigação foi o pastor coreano-americano, que teve o passaporte retido pela polícia e está atualmente sendo mantido sob vigilância em um hotel desconhecido. Os cristãos não têm conseguido se comunicar com ele.

Intimações

Entre os 35 presos, as irmãs Fu Jufang e Rao foram intimadas a comparecer à delegacia na tarde do dia seguinte, às 13 horas, e foram libertadas depois de seis horas de interrogatório. A irmã Zhou Li e outra cristã também foram intimadas a comparecer à delegacia para mais investigações no dia 30 de outubro.

O presidente da CAA, Bob Fu, declarou: "Saudamos a libertação desses cristãos chineses e esperamos que o pastor coreano-americano tenha permissão para retornar em breve". Bob Fu disse ainda que espera que seja uma realidade da China o cumprimento integral do artigo 18 da Declaração Universal dos Direitos Humanos que afirma:

"Todo o homem tem direito à liberdade de pensamento, consciência e religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela observância, isolada ou coletivamente, em público ou em particular."


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE