Estudantes de faculdade bíblica são agredidos por extremistas

| 30/01/2007 - 00:00


Três estudantes da faculdade bíblica da agência missionária Gospel for Asia (GFA), no Estado de Himachal Pradesh, foram agredidos na manhã de 27 de janeiro último por um grupo de extremistas hindus que se opõem ao crescimento do cristianismo no país. Além das agressões, o grupo também vandalizou a faculdade.

Os estudantes tinham se dividido em dois grupos e estavam dando testemunhos nas aldeias próximas quando foram confrontados e agredidos por membros do grupo extremista. Em seguida, o grupo levou os estudantes para a delegacia.

Pouco tempo depois do ataque, cerca de 60 pessoas do mesmo grupo foram à faculdade bíblica e vandalizaram as dependências do prédio.

"Eles causaram muitos prejuízos, quebrando as janelas e rasgando livros da biblioteca", informou um correspondente do campo.

O grupo extremista é um braço do VHP (Vishwa Hindu Parishad, ou Conselho Mundial Hindu), uma organização dedicada a promover a filosofia ultranacionalista de que "ser indiano é ser hindu". Grupos como esse frequentemente se opõem ao trabalho cristão com violência.

Proteção policial

A polícia local reagiu ao ataque fechando a faculdade e levando sob custódia todos os presentes - funcionários, estudantes e mulheres da equipe ministerial.

"Nosso primeiro pensamento foi que a polícia estivesse contra nós, mas depois soubemos que os policiais detiveram essas pessoas para protegê-las", disse o correspondente.

Na noite de sábado, a polícia libertou o grupo e destacou quatro oficiais para vigiar a faculdade durante a noite.

"Não se sabe se os fanáticos irão voltar ou não", disse o correspondente.

A GFA treina milhares de estudantes em faculdades bíblicas em toda a Ásia. Normalmente no primeiro ano os estudantes freqüentam as escolas em regime de internato, que oferece um ambiente mais pessoal de aconselhamento, e os alimenta para os dois anos finais do treinamento missionário.

Os líderes do GFA pedem aos cristãos que orem para que essa situação seja resolvida, pela segurança de todos os envolvidos e para que haja liberdade para pregar o evangelho no Estado.

Himachal Pradesh recentemente se tornou o oitavo Estado da Índia a passar uma legislação anticonversão. Se o projeto for transformado em lei pelo governador, haverá multas e prisões para os que abraçarem o cristianismo e para o responsável por apresentar Cristo a eles.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE