Fiéis chineses chegam a 300 milhões, o triplo dos dados oficiais

| 07/02/2007 - 00:00


A China conta com 300 milhões de fiéis, 23% da população e um número três vezes superior aos cálculos oficiais, segundo a primeira grande pesquisa nacional sobre crenças divulgada hoje pela imprensa estatal.

Do número total, 200 milhões são budistas ou taoístas, enquanto o restante segue doutrinas estrangeiras, especialmente a protestante, a católica e a muçulmana, segundo a edição de hoje do jornal China Daily.

O protestantismo - sobretudo devido à chegada de igrejas americanas - é uma das religiões que mais cresce, com 40 milhões de fiéis frente aos 16 milhões calculados em 2005, de acordo com o estudo elaborado pela Universidade de Xangai.

Publicado pela revista Oriental Outlook, o relatório não fornece dados sobre o número de católicos, que segundo o Vaticano está em torno de 12 milhões de pessoas, nem de muçulmanos, 26 milhões, de acordo com os últimos números oficiais, quase todos na região de Xinjiang.

Leia mais no UOL.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE