Filhos de cristãos são presos em retaliação à religião dos pais

| 03/05/2007 - 00:00


A prisão de cristãos que compartilham sua fé na China é uma realidade, especialmente entre pastores que não foram registrados pelo governo. Histórias de crentes que foram submetidos a intensos interrogatórios, açoites e tortura - sem qualquer alimentação e conforto - enfrentando árduas temperaturas e longas horas de trabalho pesado são conhecidas. Agora, imagine a angústia de ter um filho preso porque sua família permanece em Jesus Cristo. Algo impensável, mas que se tornou real.

Segundo a World Serve, a prisão de crianças por causa da religião de seus pais é uma realidade recente na China. Uma nova e perigosa ameaça às famílias cristãs. Antes os seguidores de Cristo eram reconhecidamente presos por causa deles mesmos, mas agora eles temem que seus filhos sejam presos.

Chang e seu marido parte de um grupo de pastores e líderes cristãos que se encontram para adorar ao Senhor e encorajar uns aos outros. Recentemente, durante um dos encontros, mais de 100 policiais cercaram o local da pequena reunião e prenderam todos os que estavam presentes.

Sem o conhecimento da família, dois dos três filhos de Chang foram levados pela polícia. Os gêmeos de 12 anos foram presos, não por causa de um ato pessoal de compartilhar o evangelho, mas simplesmente por causa da crença dos pais deles em Cristo.

A World Serve acompanha o caso e dá apoio à família. O caso de Chang é um entre milhares de outros que ocorrem entre famílias cristãs perseguidas na China e, por isso, a entidade pede orações dos cristãos de todo mundo em favor dos nossos irmãos chineses.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE