Cristãos são agredidos durante reunião de oração em casa

Uma família com três pessoas que realizava uma reunião de oração em sua própria casa foi atacada por um grupo com cerca de 20 pessoas que chegou à noite, de carro, em Sasthamkottah, distrito de Kollam, em Kerala, na Índia, e invadiu a residência particular. A ação ocorreu no último dia 11 de agosto.

Segundo o ministério Voz de Salem, Raquel, de 75 anos, o filho dela Joykutty, de 54 anos, e a cunhada Annamma, de 47 anos, foram brutalmente feridos. Os invasores também roubaram um furgão da casa.

O nariz de Joykutty foi quebrado. Ao ver o marido machucado, Annamma chorou em voz alta e tentou salvá-lo. Ela também foi espancada pelos agressores e teve a mão direita quebrada.

“A anciã, Raquel, recebeu tapas e foi atirada em um canto",disse George Mathew, um dos residentes locais, ao ministério Voz de Salem.

Os vizinhos reagiram depressa ao ouvirem o alvoroço, mas os agressores os ameaçaram com uma espada e fugiram no furgão.

O presidente dos Ministros Cristãos das Igrejas na Índia (CMCI, sigla em inglês) Paul Ciniraj, condenou o ataque à família de Joykutty. Ele pediu ao governo para investigar quem esteve por trás deste ato de perseguição a cristãos.