"Diário do Comércio" aborda aspectos sutis da lei de homofob

A edição desta segunda-feira do jornal "Diário do Comércio" de hoje dedica uma página ao PL 122/06. Sob o título "Homofobia ou didatura gay?", o jornal paulistano aborda questões pouco discutidas até o momento e presentes no projeto de lei, como a mudança na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), no Código Penal e a restrição à liberdade de culto e expressão no Brasil.

"Aprovar o projeto do jeito que está é instaurar a ditadura gay no Brasil em nome da não-discriminação. É a criação de um crime de opinião", defende o senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), na reportagem.

O presidente da Comissão de Liberdade Religiosa da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), José Luiz de Oliveira, explica que " há religiões que não concordam com o comportamento homossexual por uma questão de doutrina, são marcos irremovíveis que precisam ser respeitados", diz ele, que defende uma lei para coibir o preconceito, mas sem excessos ( leia a íntegra).

De acordo com o advogado, o PL 122/06 " fere o princípio constitucional da liberdade de crença e expressão, e destrói qualquer manifestação que atinja a liberdade religiosa de exortação quando um pastor, padre, sheik ou rabino fala dentro do seu templo".

Leia a matéria completa aqui.