Pastor pentecostal morre após sofrer atentado em igreja

O pastor Pentecostal Armando Corio morreu após sofrer um atentado em sua própria igreja, na cidade de Massin, província de lloilo, que fica no sul das Filipinas.

A polícia procura um suspeito, Rizalde Cordero, que na noite do assassinato foi visto fugindo rapidamente do local do crime com uma faca na mão.  Ele está foragido.

O atentado, que culminou na morte do pastor, aconteceu na noite de 18 de março, de acordo com relatórios policiais. Nenhum motivo claro foi determinado para o crime. Por isso a suspeita de perseguição religiosa.

A situação para homens e mulheres cristãos no sul das Filipinas permanece crítica. Católicos e protestantes têm sido alvo de extremistas e bandidos comuns que matam por razões ideológicas ou pelo simples desejo de obter dinheiro.

Vários casos de clérigos protestantes mortos alguns anos atrás ainda permanecem sem solução.

Armando Corio morreu no hospital, vítima das feridas sofridas na cabeça e no tórax. Testemunhas oculares apontam Rizalde Cordero como o assassino. Ele foi visto fugindo da igreja na noite do crime, com uma faca.