Sukhchand Negi se rende à reconversão

| 16/04/2008 - 00:00


Extremistas hindus recentemente conseguiram atrair um grande número de cristãos de vilas localizadas nos arredores da capital do Estado de Himachal Pradesh, para uma cerimônia de reconversão em um templo hindu ( relembre o caso).

Sem dizer do que se tratava e inventando mentiras, muitos foram levados ao local e não resistiram à pressão.

Anita Negi, do povoado de Jhakadi, relata que dois extremistas hindus disseram a ela que levasse seus documentos pessoalmente às autoridades. Enquanto seu marido estava no trabalho, ela foi junto com os dois homens, que no caminho a conduziram para o Templo Satyanarayan.

“Um homem repreendia continuamente as pessoas, persuadindo-as a se ‘reconverterem’ ao hinduísmo”, disse Anita, que ainda completou contando que reconheceu quatro mulheres cristãs e três crianças de seu povoado.

“Eles não nos deram oportunidade de falar”, disse ela. “Desde que entramos, eles nos receberam com coroas de flores, músicas hindus, e nós fomos obrigados a comer comidas que foram ofertadas aos ídolos hindus”.

Marido é pressionado

Extremistas hindus locais abordaram o marido de Anita, Sukhchand Negi, na manhã seguinte, quando ele estava a caminho do trabalho e ameaçaram a ele e a sua família, exigindo que ele renunciasse ao cristianismo. Ele se rendeu, contou a esposa com evidente angústia.

Seus três filhos também foram obrigados a se “reconverter”. Ela contou ainda que ouviu de seu marido: “Se você quiser continuar a acreditar, faça isso secretamente, mas não me force”. 

Ore pela irmã Anita. Peça proteção para ela, para sua família e para que o Espírito de Deus toque o coração de Sukhchand nesse momento de angústia e crise.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE