Cristãos e muçulmanos encerram conflito por terras

| 28/08/2008 - 00:00


Representantes cristãos e muçulmanos selaram o fim de um conflito sobre a propriedade de terras junto ao mosteiro de Abu Fana, no sul do Egito, que havia abalado a convivência entre ambas as comunidades.

Segundo o diário independente “Al-Masri al-Yom”, dirigentes cristãos e muçulmanos realizaram no domingo (24) uma cerimônia de reconciliação, depois que em 31 de maio, cerca de 60 muçulmanos invadiram o convento de Abu Fana, matando um muçulmano e ferindo sete monges.

Ambas as partes chegaram a um acordo para permitir a construção de um muro ao redor do mosteiro, que foi o motivo da disputa.

O ato, que contou com a execução de canções religiosas muçulmanas e cristãs, teve a presença de parlamentares, empresários e dirigentes cristãos, que anunciaram o "início de uma nova era".

Na cerimônia, os representantes de ambas as comunidades puseram ainda a primeira pedra do muro ao redor do mosteiro. Louve a Deus por esse momento de reconciliação.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE