Pastor está desaparecido há mais de um mês

| 30/10/2008 - 00:00


O pastor William Reyes Piedrahita, 41 anos, está desaparecido desde o último dia 25 de setembro, quando foi abordado por pessoas desconhecidas na estrada que liga as cidades de Valledupar a Maicao, na costa Atlântica colombiana.

Um mês após o desaparecimento não há informações a respeito de seu paradeiro. “Denunciamos este ato que afeta não somente a sua esposa e os seus filhos, mas também a comunidade cristã, tendo em vista a clara violação ao direito constitucional de liberdade de consciência e livre exercício de culto”, disse o líder da Missão Oásis, pastor Gustavo Páez.

A Missão denunciou o seqüestro à Comunidade Internacional de Direitos Humanos, que se converteu “numa constante em nosso país, circunstância que agrava seriamente o clima de liberdade que deve reinar na Colômbia e que reflete o crescente processo de intolerância frente àqueles que defendem suas idéias”.

O caso do pastor Reyes Piedrahita soma-se a muitos outros ocorridos nos últimos anos e que converteram os ministros do evangelho em objetivo militar. Há grupos que percebem na pregação do evangelho um perigo para os interesses escusos daqueles que, em diferentes lugares do país, converteram a injustiça social e a cegueira espiritual num suculento negócio particular.

O Conselho de Bogotá divulgou comunicado solidarizando-se com a família Reyes e com a comunidade cristã em geral.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE