Cristãos são absolvidos e perdoam acusador

| 03/11/2008 - 00:00


Um tribunal no noroeste da Argélia absolveu semana passada três cristãos acusados de blasfemar contra o islã e de ameaçar um membro de sua congregação que havia se reconvertido ao islamismo.

A absolvição dos acusados foi anunciada em um tribunal da cidade de Ain El-Turck. Os réus acreditam que a decisão está relacionada com provas falsificadas usadas contra eles.

Os réus também crêem que o fato se deu por conta da imagem negativa que o governo argelino tem no exterior, fazendo com que as autoridades revejam sua atitude para com os cristãos.

O réu Youssef Ourahmane disse que, como resultado dessa imagem, a opressão do governo contra os evangélicos tem diminuídos nos últimos meses.

“Nós percebemos que, nos últimos quatro ou cinco meses, o governo tem tentado voltar atrás um pouco”, afirmou Youssef. “Acho que a pressão sobre ele tem sido forte, feita pelos Estados Unidos, pela França, Itália, Suíça, Áustria e Espanha. Essa pressão tem deixado o governo argelino muito embaraçado.”

 Os tribunais argelinos suspenderam vários grupos evangélicos no ano passado, por conta de um recente decreto presidencial que proíbe a evangelização de muçulmanos. No entanto, até agora, nenhum cristão foi sentenciado à prisão por conta de acusações religiosas.

Youssef, Rachid Muhammad Essaghir e um terceiro homem foram acusados em fevereiro de “blasfemar o nome do profeta Maomé e o islamismo”, e de ameaçar a vida de Shamouma al-Aid, que alegou ter se convertido ao cristianismo, mas que voltou para o islamismo quando se expôs suas ligações com fundamentalistas.

Leia mais sobre o caso.

Com sua absolvição, os três cristãos têm como abrir um caso contra Shamouma, que foi quem os processou, por ter usado provas falsas contra eles. Mas, segundo Youssef, eles querem oferecer-lhe seu perdão.

“Decidimos perdoar Shamouma e iremos comunicá-lo que estamos dispostos a ajudá-lo, caso ele precise. Estamos em contato com ele por intermédio de um membro da nossa equipe, e se ele tiver fome ou sede, ficaremos mais do que felizes em servi-lo.”


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE