Natal na Índia: segurança e solidariedade com os cristãos em Orissa

| 17/12/2008 - 00:00


As celebrações públicas de Natal foram canceladas por questões de segurança. A decisão foi tomada pelo bispo da diocese de Lucknow, capital de Uttar Pradesh.

O bispo Gerald Mathias cancelou a apresentação tradicional dedicada aos cristãos que, por anos, acontecia no pátio da catedral de São José. A celebração atraía 50 mil pessoas, incluindo hindus.

O motivo para tal decisão está relacionado ao crescente clima de conflito, em virtude da eleição geral que se aproxima. A data da eleição está projetada para ser entre abril e maio de 2009.

O vigário geral da diocese, padre Ignatius D’Souza, explica que “toda vez que há eleições gerais, existem pessoas querendo causar alvoroço”, e a ocasião das festividades pode se tornar uma oportunidade para ataques.

O bispo de Lucknow também suspendeu a reunião tradicional com as autoridades do governo para a troca de cumprimentos de fim de ano e também as reuniões com os clérigos da diocese.

Toda a Igreja indiana está convidada a celebrar o Natal de forma amena. A instrução de  evitar “ostentação” foi dada pela conferência de bispos.

O secretário geral da Conferência de Bispos Católicos da Índia, arcebispo Stanislaus Fernandes, relembrou a todos os fiéis sobre a essência da celebração, como sinal de “solidariedade aos cristãos de Orissa e ao sofrimento que nosso país enfrenta após o ataque em Mumbai, em um espírito de companheirismo por todas as vítimas.”


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE