Três cristãos assassinados na cidade de Kirkuk

| 29/04/2009 - 00:00


No domingo 26 de abril, três cristãos assírios foram mortos em dois incidentes separados na cidade de Kirkuk. Outros dois ficaram feridos.

No bairro residencial de Domeez, Suzan Latif David e Muna Banna David foram assassinadas. No bairro Primeiro de Junho, Yousif Shaba e seus dois filhos, Basil e Thamir, sofreram um ataque. Basil, de 17 anos, morreu; Yousif e Thamir ficaram feridos. Ambos estavam em estado crítico, mas já se recuperaram.

Os ataques aconteceram por volta das 22 horas (horário local).

Todas as vítimas são da igreja católica caldéia. O funeral aconteceu no dia 27 de abril, e nele compareceram o governador de Kirkuk, representantes de diversas áreas do governo e oficiais das forças de segurança.

Bispo Sako, que presidiu o serviço fúnebre, declarou em seu discurso que “esses ataques visaram dividir a comunidade de Kirkuk”. Ele pediu aos presentes para apoiar a polícia e outras forças de segurança na tarefa de encontrar os responsáveis pelos crimes. O governador, Abdulrahman Mustafa, censurou os ataques e pediu à população de Kirkuk para permanecer unida contra os terroristas.

Na opinião do chefe de polícia da cidade, Torhan Abdul Rahman, o objetivo do ataque foi desestabilizar Kirkuk.

O encarregado policial de Domeez, onde as duas mulheres morreram, disse que a polícia já havia prendido nove terroristas que podem ter ligações com o incidente. Um deles, proveniente de Ramadi, próximo a Bagdá, tem ligações com a al-Qaeda e admitiu ter realizado sete ataques terroristas. Segundo o encarregado, ele tem informações sobre os incidentes do domingo.

Ore para que a justiça seja feita e para que as famílias das vítimas encontrem paz e conforto no Senhor, em meio a essa dura situação.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE