Ore pelas mulheres paquistanesas que têm sido vítimas da violência

| 16/05/2009 - 00:00


As mulheres paquistanesas têm sido vítimas de muitos incidentes no Paquistão. São estupros, sequestros e todo o tipo de violência. Conheça mais sobre os casos e interceda por essas mulheres.

Um homem muçulmano declarou ter estuprado uma mulher cristã durante quatro anos, depois que prometeu se casar com ela, com o Alcorão nas mãos.

“O Alcorão é testemunha do juramento que fiz de me casar com você”, diz Sohail Johnson, do ministério Sharing Life Paquistão, citando Fouzia. A provação da secretaria do lar de 27 anos começou em 2005, quando conheceu um homem que reformava os sofás de uma casa próxima à que ela trabalhava.

Quando Fouzia, moradora de Yohannabad, perguntou ao homem se ele poderia ajudá-la a comprar um sofá de segunda mão, ele a levou para um hotel e a estuprou.

Os anos passaram e o homem não cumpriu a promessa de se casar com Fouzia. Ele a acomodou em uma casa alugada e manteve seu relacionamento ilícito em segredo.

Fouzia deu à luz no ano passado. Ela engravidou duas vezes no mesmo ano, mas perdeu os bebê porque sua saúde se deteriorou devido a falta de cuidados e má alimentação.As visitas do homem se tornaram menos frequentes. “Ele só era agradável comigo quando queria ter relações”, Fouzia disse ao Sharing Life.

Depois de não ser cuidada por um homem que fingia amá-la, Fouzia, agora mãe, foi forçada a pedir esmolas. O homem torturou Fouzia emocional e mentalmente quando ofereceu dinheiro para que ela ficasse quieta, pois ele queria se casar com uma mulher muçulmana.

“Doeu muito quando ele me ofereceu dinheiro para trocar quatro anos de relacionamento. Ele me usou e agora me jogou na rua”, disse Fouzia.

Sohail Johnson disse: “O acontecimento é um lembrete dos últimos incidentes de estupros, sequestros, e ataques a mulheres cristãs. É hora de isso acabar.”

O ministério Sharing Life pediu para que os cristãos em todo o mundo orem por Fouzia, para que ela receba perdão e salvação.

Sohail Johnson declara: “Cremos que Deus ama Fouzia e também quer que nós demonstremos nosso amor a ela”.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE