Missionários são agredidos por ex-cristão

| 21/05/2009 - 00:00


Um missionário da Gospel for Asia foi agredido e ameaçado por um homem que trabalhou com ele. Kolmind Goshe foi atacado por Mawlong Sahare, ex-membro de sua igreja. O ataque aconteceu em 28 de março, quando Kolmindstone estava indo para o mercado. Mawlong bateu em seu antigo pastor e pediu que ele lhe desse algum dinheiro, ou saísse do vilarejo. Mawlong disse que planejava atacar outros missionários da mesma organização que trabalhavam na área, mas que não conseguiu encontrá-los naquele dia.

Koldmindstone conheceu Mawlong em 2005, alguns meses depois de iniciar o trabalho com as pessoas no vilarejo onde Mawlong mora. Apesar de ser um radical na religião tradicional da vila, ele ouvia uma rádio cristã e ficava curioso para saber mais sobre Jesus. Mawlong era um oficial eleito e, portanto, bem conhecido em sua comunidade. Repentinamente, ele adoeceu e uma de suas mãos ficou paralisada. Koldmindstone, que serve como pastor da igreja local, se ofereceu para orar pela cura da mão doente. Deus respondeu a oração do pastor e curou a mão de Mawlong.

Mawlong abriu seu coração para Jesus naquele dia e consagrou sua vida para servi-lo. Por dois anos, ele trabalhou com Koldmindstone, compartilhando o amor de Deus com as pessoas da comunidade. No entanto, os líderes de sua antiga religião o pressionaram para que retornasse. Finalmente, eles ameaçaram matá-lo se não se juntasse a eles novamente. Esses tipos de ameaças são comuns na cultura Asiática. Confrontado com essa pressão, ele voltou a praticar sua antiga fé, o que é uma resposta incomum. A maioria dos cristãos recém convertidos se apegam a sua fé em Jesus, enfrentando a vergonha e as ameaças de sua família e amigos, que querem que eles retornem a outra religião.

Logo, ele estava entre os principais oponentes ao trabalho de Koldmindstone, cobrando multas se o pastor insistisse em ficar na área. Quando ele se recusou a pagar, Koldminstone e outros missionários foram agredidos por extremistas do grupo religioso de Mawlong.

Mawlong foi preso e os pastores foram forçados a prestarem queixas contra ele. Por segurança, Koldmindstone e os outros pastores foram mandados para outro local.

Eles pedem oração para que o Senhor assuma o controle da situação e traga paz e uma boa resolução para o problema. Ore também para que eles possam continuar sendo usados poderosamente por Deus.

Ore também por Mawlong, para que volte para os caminhos do Senhor.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE