Estrangeiros, incluindo crianças, são sequestrados

Os cristãos no Iêmen pedem nossas orações por causa do sequestro de nove estrangeiros, que serviam voluntariamente num hospital ligado a  uma ONG no Iêmen,  incluindo três crianças. Foi confirmado ontem, 16 de junho, que três deles foram assassinados. Há informações de que outros também foram mortos, mas esse dado não foi confirmado. Das nove pessoas que foram sequestradas, sete são alemãs, uma inglesa e uma sul-coreana. As três mortes confirmadas foram de duas moças alemãs, Anita (24) e Rita (25), e a mulher sul-coreana, Young-Sun (34).

O sequestro de estrangeiros é comum em regiões de Iêmen nos últimos anos, apesar de o comportamento usual ser de libertar os prisioneiros ilesos. Esse último incidente ocorreu na província de Saada, já há muitos anos uma região instável. A guerra entre os rebeldes e o governo foi encerrada com um acordo de paz em julho de 2008. Normalmente o acordo é mantido pelos dois lados, mas a violência continuou em uma pequena escala. O governo do país acusou os rebeldes de serem responsáveis pelos sequestros e assassinatos, enquanto outros analistas pensam que a Al-Qaeda pode ser responsável.  Nenhum grupo assumiu a culpa, e os rebeldes negaram qualquer envolvimento.

Recentemente, houve muitos protestos nas províncias do Sul, alguns extremamente violentos, motivados por um sentimento de que o governo federal em Sana não está dividindo corretamente os recursos do país. Em vista desse desenvolvimento, muitos cristãos exilados que vivem no Iêmen estão revendo seus acordos de segurança.

Outra preocupação entre os cristãos é que o assassinato da mulher sul-coreana pode levar o governo coreano a considerar o Iêmen um país fechado para sul-coreanos (isso incluiria viagens ao Afeganistão, Iraque e Somália). Isso forçaria os coreanos que trabalham no Iêmen a saírem do país, o que teria um grande impacto nos ministérios cristãos.

Os corpos das duas alemãs e da sul-coreana foram levados para a capital Sanaa. Oficiais dizem que estão procurando os outros seis estrangeiros.

Com informações da BBC

Pedidos de oração

• Ore para que os familiares das duas moças alemãs e da mulher sul-coreana recebam consolo do Senhor.

• Para que os cristãos exilados conheçam a proteção e a direção do Senhor.

• Para que o governo sul-coreano não impeça as viagens para o Iêmen, e a obra do Senhor continue no país.

• Ore para que o paradeiro dos outros estrangeiros seja descoberto e para que haja certeza nas informações dadas sobre eles.