Autoridades voltam atrás em permissão de registros para igrejas

As autoridades locais no Vietnã se arrependeram de registrar algumas igrejas, contribuindo para um aumento nas agressões às igrejas.

No dia 26 de julho, quatro policiais e dois oficiais do governo invadiram o culto de domingo em uma igreja não registrada na comunidade de Tran Phu, em Hanoi, anunciando que era ilegal cultuar e ensinar religião. O delegado Dang Dinh havida ordenado a invasão.

Quando os cristãos, sob a liderança do pastor Dang Thi Dinh, se recusaram a assinar um documento admitindo que estavam se reunindo ilegalmente, um policial enfurecido gritou: “Se eu encontrar vocês reunidos aqui no próximo domingo, irei matá-los como faria com um cachorro!”.

Os oficiais haviam se recusado a aceitar a tentativa de registro da igreja. O pastor Dinh e o líder nacional da denominação Ecclesia Revival, pastor Vo Xuan Loan, apelou às autoridades no dia seguinte – tentando, novamente, registrar a igreja de acordo com as diretrizes dadas pelo Primeiro-Ministro em 2005.

O líder da comunidade declarou, nervoso: “Não existem cristãos nesta comunidade!”, e depois expulsou os cristãos do lugar.

Na província de Hung Yen, uma igreja Batista Ágape liderada pelo pastor Duong Van Tuan foi invadida diversas vezes em junho (Conheça o caso).

Ainda no norte, na província de Thai Binh, a polícia da comunidade invadiu uma igreja não registrada Missão Boas-Novas, levou sete hinários e intimou o pastor Tuyen para comparecer na delegacia para um interrogatório. Em uma carta para seus superiores, o pastor Tuyen contou que os policiais o amaldiçoaram e gritaram com ele. Apesar de toda pressão, ele se recusou a assinar uma confissão de seus “crimes”, e ficou detido durante todo o dia.

“De modo geral, as coisas estão piores hoje do que estavam há quatro ou cinco anos, quando as pessoas tinham esperança de que novas leis religiosas poderiam levar a uma estabilidade no país. Mas não é assim. A verdade é que as promessas do governo de promover a liberdade religiosa estão muito longe de se cumprir.”

Acesse nosso blog e leia o artigo A beleza do Corpo de Cristo, no qual uma irmã brasileira fala sobre sua visita à igreja do Vietnã.