Membros da igreja Shouwang cultuam sob a neve

| 04/11/2009 - 00:00


Na manhã deste domingo, os membros da Igreja Shouwang se reuniram no portão oriental do parque Haidian para outro culto ao ar livre. Expulsos da igreja quando foram condenados em abril, os cristãos têm se reunido no parque há 12 semanas, até conseguirem um novo local no Huajie Plaza em agosto. Enfrentando pressões das autoridades de Pequim, os gerentes do Huajie Plaza se recusaram a renovar o contrato de aluguel da igreja Shouwang, obrigando-os a se reunir novamente ao ar livre.

De 800 a 1.000 cristãos estavam presentes no culto de domingo, cantando hinos e orando sob um “mar” de guarda-chuvas. Antes do culto começar, às 9h, um policial apareceu e fixou um cartaz no portão do parque, declarando que “Hoje o parque Haidian estará fechado para o público”.  Apesar não poderem entrar no parque, os membros da igreja se reuniram em frente ao portão leste, e realizaram um culto de mais de duas horas.

Desde o início de agosto, o Huajie Plaza tem sofrido muita pressão tanto do Escritório Público de Segurança quanto do Escritório de Assuntos Religiosos de Pequim, para encerrar o contrato com a igreja não registrada Shouwang. A associação ChinaAid e os cristãos de igrejas não registradas obtiveram informações de que o Partido Comunista teria emitido uma ordem secreta, exigindo que seis igrejas não registradas de Pequim fossem fechadas – entre elas, a igreja Shouwang (saiba mais). No dia 19 de agosto, o pastor Jin Tianming e outros três líderes da igreja, foram até os departamentos responsáveis para perguntar sobre o contrato, mas sem respostas. Nos dias 20 e 26 de agosto, a igreja realizou uma reunião especial de oração por um novo local de culto. Durante o culto de 26 de agosto, o pastor Jin reiterou que a igreja não teria outra opção a não ser cultuar ao ar livre, se a igreja não conseguisse outro local disponível. Depois que o Huajie Plaza se recusou a renovar o contrato e diversas outras tentativas de encontrar um novo local de culto falharam, a igreja avisou os cristãos que no dia 30 de outubro eles iriam se reunir ao ar livre.
 
Os congressistas Wolf e Smith, co-presidentes da Comissão de Direitos Humanos Tom Lantos, foram a um culto da igreja Shouwang no ano passado, quando visitaram Pequim antes das Olimpíadas. Ela é uma igreja muito respeitada pela comunidade. Essa repressão constante e a mudança forçada de local faz parte de uma investida contra as igrejas chinesas não registradas.  


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE