Pastor e cristãos são detidos sob acusações falsas

Na quarta-feira, 9 de dezembro de 2009, o pastor Simon Prakash, do ministério Divya Darshanam, foi preso enquanto realizava um culto matutino em Chikkaballapur, Karnataka. Testemunhas disseram que ativistas hindus atacaram o pastor e o grupo que estava presente na reunião.

Então, todos os cristãos foram levados para a delegacia por volta das 13h, onde foram acusados de converter pessoas à força. Os colaboradores de campo da All India Christian Council trabalharam ao lado de ativistas, como Moorthy, o chefe do distrito de Samatha Sinik Dal, para soltar os cristãos. Por volta das 23h, a polícia anulou o boletim de ocorrência que havia sido preenchido contra o pastor e os outros cristãos, e eles foram liberados.

E se fosse você? Como reagiria? Queremos saber qual seria sua resposta à perseguição. Acesse a página especial e comente.