Igreja é atacada em Ano Novo islâmico

| 29/12/2009 - 00:00


Alguns muçulmanos passaram a noite do Ano Novo islâmico, 17 de dezembro, atacando o prédio de uma igreja católica em construção em Bekasi, Java Ocidental.
Cerca de mil pessoas de diversas idades participaram da procissão de véspera de Ano Novo e pararam em frente ao prédio da igreja católica Santo Alberto. Alguns do grupo danificaram e incendiaram o prédio. Ninguém ficou ferido.

A procissão começou a cerca de três quilômetros da igreja, mas não havia indícios de que o grupo se tornaria uma multidão e nem que atacaria a igreja.

Kristina Maria Rentetana, líder do comitê de construção da igreja, acompanhou as pessoas na caminhada. Quando se aproximaram da igreja, as pessoas começaram a arremessar pedras.

“Eles gritavam: ‘Destruam, destruam’”, disse ela à agência de notícias Compass. “Até mesmo as mulheres que carregavam bebês atiraram pedras. Então, um grande grupo vestido com túnica branca entrou na igreja, que estava em construção, e ateou fogo.”
A multidão queimou um posto de segurança e destruiu o escritório do empreiteiro. “Eles quebraram o telhado, placas de mármore, assoalho e lâmpadas que haviam sido instaladas no prédio”, relatou Kristina.

Alguns entre a multidão pareciam estar preparados para queimar o prédio da igreja, pois um galão vazio foi encontrada no local. Eles também danificaram o computador do empreiteiro.

Kristina ligou para a polícia e a multidão se dispersou por volta da meia-noite, quando chegaram cerca de cem policiais.

O chefe de polícia da area, Imam Sugianto disse que o ataque foi espontâneo.

“Havia pessoas atiçando a multidão durante caminhada”, disse Imam. “Essas pessoas incitaram a população a queimar a igreja.”

Até o fechamento desta notícia, a polícia prendeu 12 suspeitos de incitar a multidão.
“Não está claro se todos são da mesma organização ou não”, disse Imam ao Compass. Entre os presos, estava Amat Rosidi, acusado de roubar uma furadeira no local da construção.

Um padre da igreja Santo Alberto, indentificado apenas como padre Yos, disse que o prefeito de Bekasi, região que fica próximo a Jacarta, havia autorizado a construção em 6 de fevereiro de 2008.

Segundo ele, mais da metade do prédio já estava completa. A igreja ainda nao calculou o prejuízo.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE