União Europeia quer defender os direitos dos cristãos perseguidos

| 26/02/2010 - 00:00


A agência International Christian Concern (ICC) foi informada que a União Europeia estabeleceu um grupo de trabalho para proteger os cristãos perseguidos e preparar um manual para as embaixadas dos países participantes, sobre o tratamento dado às minorias cristãs.

Na Itália, o Ministro do Exterior, Franco Frattini, em uma entrevista para o jornal Avvenire, afirmou: “Poderíamos organizar um grupo com os países que tem a mesma mentalidade de proteger o direito dos cristãos de professarem sua fé em qualquer lugar do mundo. Veja, os cristãos nunca tiveram um grupo que lhes oferecesse um forte apoio por meio de seus governos”.

O Ministro também declarou que seu país realizará uma conferência internacional este ano sobre a liberdade religiosa, e logo criará um documento para a Assembleia Geral das Nações Unidas, tratando sobre os direitos dos cristãos.

Os cristãos formam o grupo religioso mais perseguido no mundo. As nações muçulmanas são os principais perseguidores dos cristãos, seguidos pelas nações comunistas. Países com maioria hindu, como a Índia, também perseguem os cristãos de maneira severa.

Conheça a lista dos 50 países onde há mais perseguição aos cristãos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE