Militantes muçulmanos invadem igreja e ameaçam cristãos

| 26/05/2010 - 00:00


No dia 16 de maio, 40 militantes muçulmanos ligados Ahl-e-Hadith (um grupo radical) invadiu a igreja Vida Abundante em Karachi, Paquistão.

Falando à agência International Christian Concern (ICC), Ishaq Khokhar, o pastor da igreja, disse que os muçulmanos atacaram o templo a pedido de Muhammad Tariq, que era cristão, mas se converteu ao islamismo. Tariq formulou um plano para demolir a igreja e construir uma mesquita no lugar. Então, ele entrou em contato com diversos muçulmanos para ajudá-lo.

Os militantes armados gritavam Allahu Akbar (Alá é grande) durante a invasão, e ameaçaram massacrar os cristãos na área de Saifal Marree Goth Surjani (bairro em que a igreja está localizada).

Depois que os militantes foram embora, o pastor Khokhar foi até a delegacia de Surjani para informá-los sobre o ataque e as ameaças. No entanto, a polícia ao invés de prender os criminosos, registrou um boletim de ocorrência contra quatro cristãos que os muçulmanos acusaram de ameaçar Muhammad Tariq. Victor Masih, Arshad Masih, William Masih e Ayub Masih tiveram que se esconder.

O pastor Khokhar pede que a comunidade internacional ajude os cristãos. Ele afirma que os militantes muçulmanos podem atacar a qualquer momento. Ele também solicitou ao governo do Paquistão que proteja os cristãos das ameaças. Ore por nossos irmãos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE