Pastor de 76 anos é agredido

De acordo com uma matéria publicada pela Associação Slavic Gospel, um pastor batista foi espancado até a morte no último final de semana em São Petersburgo, Rússia.

O pastor Yuri Golovin, 76 anos, da Igreja Batista Central de São Petersburgo, foi agredido por criminosos não identificados em frente à casa de um ancião de sua igreja. Após o ataque, o pastor conseguiu atrair a atenção do membro de sua igreja, que imediatamente chamou uma ambulância. O pastor faleceu no hospital por causa dos ferimentos.

A matéria relata que não há confirmações sobre o motivo do ataque.

Um jovem pastor, chamado Anton Tretyak disse que Yuri foi um ótimo exemplo para ele. Ele diz: “Durante meu batismo em 1991, ele ouviu meu testemunho sobre como eu aceitei Jesus, e ele me convidou para participar da distribuição de Novos Testamentos em escolas e hospitais. Foi então que eu vi em seu rosto o exemplo de um verdadeiro cristão, que não tinha vergonha de testemunhar sobre Cristo e de viver por Cristo. Esse foi meu exemplo de vida!”.

Os cristãos pedem: “Juntem-se a nós em oração pela família do pastor Yuri Golovin, e por sua família espiritual, em meio ao luto. Ore para que o Senhor faça justiça aos criminosos, e que essa tragédia possa criar novas oportunidades para que o evangelho seja propagado na região de São Petersburgo”.