Pastor e família são atacados

| 07/06/2010 - 00:00


No dia 28 de maio, 12 homens armados atacaram um pastor e sua família em Smundri, Paquistão. O pastor Mubarak Masih e sua família foram atacados depois que Shaid Masih, o sobrinho do pastor, de 13 anos, se recusou a ler alguns versos do Alcorão, mesmo sendo pressionado por seu professor.

Os muçulmanos bateram na cabeça do pastor com paus e barras de ferro; quase mataram seu irmão com tiros, e quebraram o braço da mulher dele.

Em uma declaração para a International Christian Concern (ICC), a família disse que Zufair Gujhar, professor de Shaid, é um muçulmano fundamentalista, que força seus alunos cristãos a lerem o Alcorão e outros livros muçulmanos. Ele pressiona os alunos a aceitarem o islamismo.

O pastor Mubarak, um pastor da Igreja de Deus, “Continuaremos nosso trabalho missionário a qualquer custo e ninguém poderá nos parar”.

A família relatou o incidente para a polícia, mas eles não tomaram nenhuma atitude contra os criminosos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE