Jovens extremistas invadem reunião de oração

| 22/06/2010 - 00:00


Nikhil Sarin foi agredido fisicamente e ameaçado quando um grupo de jovens interrompeu um culto de oração no dia 4 de junho.

O pastor, apoiado pela Gospel for Asia estava liderando um período de oração com uma família que acabara de decidir deixar a religião tradicional de seu vilarejo para se converter a Cristo. O tempo de comunhão foi interrompido quando um grupo de extremistas anticristãos começou a discutir com Nikhil e a família.

Os extremistas acusaram o pastor de forçar as pessoas a se converterem ao cristianismo. Então, um dos jovens bateu em Nikhil e o alertou a não falar sobre Jesus na região.

Todos os extremistas do grupo eram jovens, o que faz com que a agressão seja mais chocante. Na cultura islâmica, os mais velhos normalmente são tratados com muito respeito.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE