Importante pastor é morto a tiros

| 19/07/2010 - 00:00


Um importante pastor foi morto após ter sido baleado na cabeça quando saía da igreja, no que foi compreendido como um ato para intimidar os ex-muçulmanos da república do Daguestão.

Artur Suleimanov, 49, também um ex-muçulmano, foi assassinado por atiradores que se aproximaram e abriram fogo quando o pastor entrou no carro em frente à igreja Casa de Oração Hosana na capital, Makhachkala, na quinta-feira, 15 de julho.

Ele morreu no hospital por causa dos ferimentos, cerca de uma hora depois. Ninguém mais se feriu no ataque. O pastor Artur deixa sua esposa, Zina, e cinco filhos, o mais novo de 12 anos.

A igreja de Suleimanov é uma das maiores igrejas protestantes no Daguestão. Em um contexto em que os cristãos enfrentam agressões e intimidações regulares, sua vida fio ameaçada em diversas ocasiões.

A organização Barnabas Fund tem apoiado os cristãos no Daguestão, e se encontrou com o pastor Artur diversas vezes. Um representante afirma: “O pastor Artur Suleimanov era um cristão maravilhoso, e sua morte foi um choque devastador para a Igreja no Daguestão. Ele a Igreja Casa de Oração Hosana eram muito ativos no ministério e no evangelismo. Entendemos que esse assassinato foi uma tentativa de pressionar e amedrontar os cristãos no país”.

Pedidos de oração

•    Ore para que Deus console a família do pastor Suleimanov, e também sua igreja.

•    Ore para que os assassinos e todos que estão por trás desse incidente possam conhecer a Jesus Cristo.

•    Ore pela proteção da Igreja no Daguestão, para que ela não se intimide com essa violência.

A República Rússia do Daguestão faz fronteira com a Chechênia no turbulento norte do Cáucaso. A população é 98% muçulmana e a Igreja enfrenta perseguição de vários grupos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco