"Decisão sobre proibição de símbolos religiosos é dever do Estado

| 26/07/2010 - 00:00


O presidente da Comissão Europeia recusou-se a assumir uma posição sobre a proibição de símbolos religiosos, indicando que essa é uma questão da exclusiva competência dos Estados-membros da União Europeia, e não das instituições comunitárias.

Ao término da sexta edição do encontro inter-religioso, que reuniu na sede da Comissão Europeia, em Bruxelas, Bélgica, representantes de diversas confissões religiosas e dos Estados-membros da União Europeia, o presidente foi questionado sobre o crescente combate a símbolos religiosos na Europa, como a proibição do uso em público do véu integral islâmico ou da exibição de crucifixos em escolas, já em vigor em alguns países.

O presidente da Comissão – que lançou a iniciativa dos encontros inter-religiosos em 2005 – explicou que não ia tomar nenhuma posição sobre o assunto, já que essa – disse – "é uma questão de competência nacional".


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2023 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco