Ativista cristão é preso e família investigada

| 04/08/2010 - 00:00


Liu Xianbin foi preso no dia 28 de junho na cidade Suining, província de Sichuan, sob a suspeita de “subversão”. A organização Anistia Internacional acredita que ele está preso por exercer seu direito à liberdade de expressão através de suas atividades em favor dos direitos humanos e da democracia.

Liu Xianbin, 43, é um importante ativista, que já foi preso duas vezes por causa de suas atividades humanitárias. No dia 28 de junho, 14 oficiais de segurança chegaram em sua casa. Alguns deles o levaram para o Escritório de Segurança Pública para realizar um interrogatório. Seus pertences pessoais foram todos confiscados.

De acordo com seu advogado, que encontrou Liu Xianbin no dia 1º de julho, a polícia o questionou sobre seu apoio a outros ativistas, como Chen Yunfei, e seus artigos publicados sobre direitos humanos.

Liu Xianbin está preso no Centro de Detenção da cidade de Suining. No dia 29 de junho, os oficiais interrogaram a esposa dele, por aproximadamente 3 horas. Eles também iniciaram uma investigação na escola em que a filha de 13 anos do casal estuda.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2023 Todos os direitos reservados

Home
Lista mundial
Doe
Fale conosco