Cristão de 38 anos é assassinado após ataque

| 10/08/2011 - 00:00


Uma comunidade cristã foi vítima de outro ataque feito por extremistas islâmicos no Paquistão. No sábado (6 de agosto), Arnold ArchieDass, 38 anos, foi morto a tiros em Drigh Road, uma antiga colônia cristã, em Karachi, onde a violência já custou a vida de 800 pessoas nos primeiros sete meses do ano.

A vítima estava em seu carro, indo para casa depois do trabalho. Fontes locais dizem que um grupo de homens armados abriu fogo contra ele na frente de dezenas de testemunhas.

Arnold Dass foi mortalmente ferido, levado com pressa ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Ao mesmo tempo, o grupo de extremistas islâmicos que realizou o ataque deixou o local sem mais perturbações, depois de constatar que a vítima não sobreviveria.

Até a década de 1970, Drigh era uma colônia cristã, construída por católicos. Era pra ser uma área para a minoria cristã do país. No entanto, com a expansão do Aeroporto Internacional de Karachi, os valores das terras aumentaram exponencialmente, tornando-a atraente para os ricos proprietários de terras, que são muçulmanos.

A partir de 1980, os cristãos tornaram-se alvos de ataques violentos. Muitas famílias foram obrigadas a vender as suas casas por quantias irrisórias. Em poucos anos, os muçulmanos tomaram o controle do antigo redutocristão.

Depois do assassinato de Arnold Dass, a polícia abriu um processo contra desconhecidos. No entanto, parentes da vítima se queixam de que a polícia se recusou a investigar o caso e encontrar os culpados, apesar de haver muitas testemunhas.

Karachi é a maior cidade do Paquistão, assim como a mais perigosa. Uma pesquisa recente indicou que cerca de 800 pessoas foram assassinadas nos primeiros sete meses deste ano, em razão da violência sectária e política, incluindo assassinatos e ataques em grande escala.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE