Violência e medo entre os cristãos do país

| 19/08/2011 - 00:00


John Dayal, secretário-geral do All India Christian Council (AICC) e membro do Conselho de Integração Nacional do governo da Índia, lançou uma carta, enviada a todos os níveis de governo (local, estadual e federal), em que ele alerta contra uma possível ação no dia 23 de agosto, quando os hindus planejam demonstrações de ataques.

“Como vocês sabem”, escreve Dayak, “o dia 23 de agosto marca o terceiro aniversário da morte do líder Lakchmananda Saraswati em Kandhamal, Orissa. Eles planejam ataques contra cristãos e comunidades tribais dessa região. Isso já deixou mais de 56 mil cristãos desabrigados, quase 300 igrejas e mais de 5.600 casas destruídas. Uma freira e outras duas mulheres foram estupradas e muito molestadas.”

Estudos recentes sobre a autoria de crimes demonstraram que os cristãos foram, de fato, acusados injustamente de ter matado o líder hindu. No entanto, a condenação dos verdadeiros acusados não tem sido suficiente para tranquilizar os cristãos, que ainda sofrem intensa discriminação e violência.

“Agora, Sangh Parivar está dizendo que irá celebrar o dia 23 de agosto ‘protegendo sua fé’”, diz a carta de Dayal. Na verdade, o movimento hindu radical já está distribuindo folhetos para preparar todos para esse dia.

No entanto, a comunidade está com medo de que problemas e violência possam estar nos planos dos extremistas, e isso só não acontecerá se o governo do Estado tomar medidas mais rigorosas em Kandhamal e nos outros bairros.

Enquanto isso, uma delegação de parlamentares alemães visitou Kandhamal. Durante sua estada, eles chamaram o ministro-chefe de Orissa, Naveen Patniak, para tomar conta da situação de urgência no distrito.

“Os cristãos ainda vivem com medo – é a impressão que temos, depois de nos reunir com algumas vítimas de violência comunal”, disse um representante do governo.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE