Parlamento do Irã aprova lei que proíbe a tortura

| 04/05/2004 - 00:00


Teerã, 4 mai (EFE).- O Parlamento iraniano aprovou hoje, terça-feira, um projeto de lei para proscrever e penalizar a tortura de prisioneiros durante interrogatórios e ampliar e garantir os direitos dos detidos. O projeto foi aceito pela Câmara 24 horas depois que um tribunal rejeitou o recurso apresentado e confirmou a pena de morte contra o professor universitário Hashem Aghajari, condenado há dois anos por crime de blasfêmia.

Leia mais no UOL


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE