O perigo se aproxima da igreja em Camarões

| 14/09/2016 - 00:00


 14-cameroon.jpg

O Norte de Camarões tem sido alvo de ataques suicidas por parte do grupo extremista Boko Haram. Há poucas semanas, houve um incidente violento em pleno domingo. Três pessoas morreram e 24 ficaram feridas. O país não está entre os 50 da atual Classificação da Perseguição Religiosa, mas já ocupa o 60º lugar de acordo com sua pontuação.

Camarões está numa região em que a perseguição aos cristãos fica cada vez mais intensa, fazendo fronteira com a Nigéria (12º), Chade (54º) e República Centro-Africana (26º). O atual ataque é uma demonstração de que o perigo está cada vez mais próximo. Embora os líderes dessas nações tenham tido alguns sucessos militares contra o grupo extremista, parece que a luta contra eles ainda não acabou.

Enquanto isso, a igreja camaronense se prepara e se fortalece através da fé em Cristo. Embora dezenas de igrejas tenham sido fechadas pelo governo, desde 2013, os fieis continuam a pregar o evangelho ousadamente. A Portas Abertas tem apoiado milhares deles, através de ajuda humanitária, treinamento de líderes e distribuição de Bíblias.

Leia também
Violência contra cristãos aumenta
Violência contra a igreja continua


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE