Oposição ao crescimento da igreja na Índia

Quanto mais a igreja em vila remota aumentava, maior a oposição criada por extremistas hindus

| 07/11/2019 - 16:30

A igreja começou com cristãos se reunindo para cultos de oração

A igreja começou com cristãos se reunindo para cultos de oração


Sameer* nasceu e cresceu em uma família cristã na Índia, mas ele tinha perguntas sobre Deus e estava inclinado ao ateísmo. Porém, em sua adolescência, conheceu uma senhora que deu de presente para ele uma Bíblia e insistiu que ele deveria lê-la diariamente. As coisas começaram a se esclarecer enquanto estudava mais a Bíblia. Nos próximos anos, Sameer desenvolveu mais interesse em Deus e também ingressou em uma escola bíblica para aprender mais. Foi então que ele decidiu servir a Deus pelo resto da vida e começou a trabalhar como pastor em uma vila remota.

“Nós começamos em uma igreja doméstica humilde com um pequeno grupo de cristãos. Eu tinha acabado de sair da escola bíblica e estava ansioso para servir a Deus e seu povo em tudo o que pudesse. Começamos com uma reunião de oração em casas diferentes, e mesmo que houvesse oposição dos vizinhos e de outros em nossa área, continuamos a conduzir as reuniões de oração”, ele contou para Sushil*, colaborador da Portas Abertas.

O número de cristãos começou a crescer e rapidamente estavam com mais de 50 membros. Uma cabana de palha foi construída com a ideia de acomodar mais pessoas para os cultos de domingo. Conforme o número crescia, a oposição dos moradores locais aumentava. Foi quando começaram a receber ameaças constantes contra as reuniões de oração e cultos na igreja. Os cristãos eram ameaçados para que renunciassem a fé.

O colaborador local da Portas Abertas que trabalha junto ao pastor Sameer compartilha: “Três dias antes das eleições locais, o pastor e sua equipe foram a vilas vizinhas para encontros de oração. O encontro foi interrompido quando alguns moradores e líderes de partidos extremistas hindus locais chegaram e começaram a maltratá-los. Um dos líderes locais do partido político extremista hindu gritou com o pastor Sameer: ‘Vocês, cristãos, estão contra nós vencermos a eleição!’”.

Os membros do partido acusaram os cristãos de serem contra a tradição hindu e a cultura da Índia, além de abraçar o cristianismo que, de acordo com eles, é uma religião estrangeira. Eles ainda alegaram falsamente que os cristãos não apoiam partidos extremistas hindus e, por isso, ensinam as pessoas a não votarem neles. Rapidamente, os extremistas mobilizaram os moradores locais contra o pastor Sameer e os membros da igreja. (Essa história continua)

*Nomes alterados por segurança.

Pedidos de oração

  • Ore pelas pequenas igrejas domésticas na Índia, que elas estejam fortalecidas mesmo diante de oposição.
  • Apresente os extremistas hindus, que eles possam conhecer e sejam transformados pelo amor de Jesus.
  • Interceda pelo pastor Sameer e sua congregação, para que tenham sabedoria para lidar com a perseguição.

Campanha Global Índia
A Portas Abertas tem sido um instrumento de apoio aos cristãos. Crianças, adolescentes e famílias inteiras são apoiadas com ajuda emergencial, seminários bíblicos, assistência jurídica e auxílio na construção de casas por meio da Campanha Global Índia. Com uma doação, você fornece itens básicos e estudo bíblico para cristãos na Índia, para que sejam fortalecidas diante da perseguição.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE