Os cristãos no Vietnã precisam de nossas orações

Hoje o país completa 76 anos de independência e a perseguição aos cristãos é extrema

| 02/09/2021 - 06:00

Nos últimos meses, houve vários incidentes de perseguição aos cristãos no Vietnã

Nos últimos meses, houve vários incidentes de perseguição aos cristãos no Vietnã


Hoje, 2 de setembro, é comemorada a independência do VietnãNessa data, em 1945, horas após a rendição do Japão na Segunda Guerra Mundial, o líder comunista Ho Chi Minh declarou a independência do Vietnã da França. O país ocupa o 19º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2021 e os seguidores de Cristo vietnamitas lidam com pressão por não abrirem mão do evangelho.  

 
O nível de perseguição que um cristão enfrenta depende da denominação ou da origem. A perseguição mais intensa é reservada para protestantes não tradicionais e convertidos de religiões nativas, especialmente nas áreas do centro e norte do país. A maioria pertence às minorias étnicas, como os hmong, e enfrenta exclusão social, discriminação e ataques. Às vezes, casas são destruídas, forçando os cristãos a deixarem as aldeias.  

 
Histórico de perseguição 

Nos últimos meses, a Portas Abertas noticiou sobre a intensa perseguição que os cristãos do país têm enfrentado. Poh* é um cristão hmong que foi atacado pelo pai por proclamar a fé. Ele e a família foram forçados a deixar a vila. Graças às orações e ao apoio, parceiros locais da Portas Abertas compraram um terreno onde Poh construiu uma nova casa para a família. “Eu agradeço a Deus por sua graça e bênçãos. Minha família e eu experimentamos uma vida mais estável agora que vivemos em uma comunidade cristã e com nossa casa perto da igreja.” 


No começo do mês de agosto, seis famílias foram excluídas de uma ajuda do governo do Vietnã por serem cristãs. De acordo com os líderes locais, as autoridades disseram:
 “Vocês são cristãos! Não temos responsabilidade sobre vocês. Vão, peçam ajuda para a igreja. Se vocês quiserem receber apoio, retornem à nossa religião e adorem nossos ancestrais novamente. Se continuarem a ser cristãos, não receberão nada”. 

 
Em julho, autoridades da província de Dak Lak, no Vietnã, realizaram invasões em igrejas e prenderam vários cristãos. As autoridades foram à casa de Nguyet Buon Krong, um pastor da Igreja Evangélica de Cristo das Terras Altas Centrais. Elas revistaram a residência e apreenderam mais de 20 Bíblias, que ainda não foram devolvidas. O líder cristão foi levado para a delegacia, onde foi detido e interrogado sobre os estudos de direito civil, direitos humanos internacionais e liberdade religiosa por dois dias.  

 
 
Pedidos de oração 

  • Neste Dia da Independência do Vietnã, continue intercedendo pelos cristãos no país que enfrentam hostilidades por não abrirem mão do evangelho. 
  • Clame para que as autoridades do país e aqueles que ainda não conhecem a palavra sejam alcançados pelo amor de Deus e vivam conforme a palavra. 
  • Ore para que a paz de Cristo esteja em todo o país, mantendo os cristãos esperançosos por dias melhores e abrindo os corações daqueles que ainda não conhecem a palavra. 

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE