Pai de menina sequestrada tem fé de reencontrá-la

| 20/12/2015 - 00:00


20-nigeria-0270100083

A filha do líder religioso conhecido como Ayuba*, que estava entre as mais de 200 meninas sequestradas pelo Boko Haram, na escola de Chibok, disse que sente saudade da filha e que não deixar de orar um dia sequer pelo seu retorno.

Na ocasião do sequestro, os extremistas também queimaram a sua igreja e levaram todos os seus pertences, obrigando a família a se mudar para outro lugar. Num encontro com a equipe da Portas Abertas, ele revela que busca respostas na Bíblia. ""Sem a Palavra de Deus não suportaríamos viver tudo isso, além do mais, nós estamos sobrevivendo pelas orações dos irmãos"", diz Ayuba.

""Minha filha Amina* faz muita falta. Minha esposa chora muito, até hoje, todos os dias falamos dela. Mas concordamos que devemos confiar em Deus, e vamos continuar esperando. Eu creio que Deus pode nos trazer ela de volta e também as outras meninas. Pode parecer impossível aos nossos olhos, mas nós servimos ao Deus dos impossíveis. Nós oramos e jejuamos sempre. Por favor, continuem orando por todos nós"", pede o pai.*Nomes alterados por motivos de segurança.

Leia também


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE