Pastor cubano está em prisão domiciliar por doar roupas e calendários

Governo persegue igrejas que insistam em manter projetos sociais

| 04/04/2022 - 16:30

Igrejas registradas começam a ser perseguidas caso contrariem ordens do governo comunista

Igrejas registradas começam a ser perseguidas caso contrariem ordens do governo comunista


O pastor Yordanys Diaz Arteaga, presidente da Igreja Reformada em Cuba, foi preso após batida policial em sua casa, em fevereiro de 2022. Os policiais confiscaram aparelhos eletrônicos, telefones celulares e outros itens de propriedade da igreja. De acordo com a organização Christian Solidarity Worldwide, o pastor foi libertado no dia seguinte, mas colocado em prisão domiciliar junto com a família. O cristão foi impedido de ter comunicação com outras pessoas, já que responde pelo “crime” de receber mercadorias ilegais.

O governo cubano costuma pressionar e prender líderes de igrejas que insistem em coordenar projeto de ação social. Uma analista da Portas Abertas explica que o líder da Igreja Reformada sofre intimidação das autoridades desde que optou por se retirar do Conselho de Igrejas de Cuba e por apoiar os manifestantes contra o governo em 2021. “Nesse caso, pulôveres e calendários com versículos bíblicos doados aos presos foram suficientes para provocar o assédio”, revela.

Houve protestos internacionais sobre as condições de 700 cubanos presos por participarem das manifestações em julho de 2021. Porém a pressão internacional não resultou em medidas positivas por parte do regime. “Pelo contrário, as represálias ao pastor Diaz Arteaga mostram que as autoridades cubanas estão determinadas a manter seu alto nível de hostilidade em relação a qualquer pessoa que não esteja alinhada com a ideologia do Estado", conclui o analista.

Pedidos de oração

  • Interceda pelo pastor Arteaga e família, para que sejam consolados por Deus e supridos em todas as necessidades. Peça que todos sejam libertos da prisão domiciliar em breve.
  • Clame por proteção e coragem aos cristãos cubanos, para que não desanimem de seguir a Jesus mesmo na perseguição.
  • Peça que os líderes do país tenham um encontro com Cristo e governem o país para o bem da população.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE