Pastor de 83 anos ajuda cristãos perseguidos de sua aldeia

Apesar de ter saído do vilarejo, o pastor ainda discípula os cristãos de lá para que tenham conversão real

| 26/01/2018 - 00:00

Amor ao próximo (Foto representativa por razões de segurança)

Amor ao próximo (Foto representativa por razões de segurança)


Samuel* é um pastor de 83 anos que deixou sua aldeia há 26 anos. “Todos os cristãos que podiam ir embora foram. Nossa luta pela independência era longa. Os britânicos foram embora, os índios já não nos deram tantos problemas. Os missionários também foram expulsos do país. Com isso, a perseguição estava se voltando para nós. Ficamos cansados do isolamento e partimos para a cidade”, compartilha o pastor.

Alguns deles foram para a igreja fora da aldeia, mas os mais jovens foram forçados a trabalhar arduamente durante o dia para manter seus alojamentos e se certificar de que tinham alguns poucos alimentos na mesa. Alguns cristãos foram vencidos pelo alcoolismo para esquecer as dores e, com o vício, se tornaram um fardo adicional para os membros da família que trabalhavam.

Quase todas as famílias cristãs nessa área rural têm pelo menos um ou mais dependentes tóxicos ou alcoólatras, e mais de uma mulher em cada domicílio foi ameaçada de abuso ou foi abusada. Ninguém se atreve a informar a polícia. Eles têm que trabalhar e são obrigados a fazer o que lhes é pedido para sobreviver.

Mas Samuel não se esqueceu dos cristãos de seu vilarejo. Junto com um grupo de cristãos mais jovens, ele treina e dá apoio financeiro para seus ministérios. “Nós queremos ficar ao lado dos cristãos e ensinar a Bíblia para eles. Eles têm que descobrir que não há apenas falsa esperança nesse mundo, a verdadeira esperança pode ser encontrada em Jesus. Se eles o conhecerem, isso dará outro significado à vida deles”, afirma Samuel.

*Nome alterado por segurança.

Leia também:
Onze mortos em ataque são enterrados no Paquistão
Minorias são desprezadas no Paquistão


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE