Pastor preso há dez anos na China está bem

Ele não foi enviado a um campo de reeducação e pode ligar para a família uma vez ao mês

| 25/06/2018 - 00:00

O pastor Yimiti está estável tanto física quanto emocionalmente e está em paz (Foto representativa)

O pastor Yimiti está estável tanto física quanto emocionalmente e está em paz (Foto representativa)


Hoje trazemos notícias de Alimjan Yimiti, o líder da igreja uigur, preso da China desde 2008. Uma fonte local relata que Yimiti está estável tanto física quanto emocionalmente e está em paz. Fomos informados de que ele pode ligar para a família uma vez ao mês e que esse é o momento mais feliz para ele.

Apesar de estar na prisão, ele não precisou ir a campos de reeducação do governo. O que é um grande motivo de gratidão, porque as condições na prisão são melhores do que em um campo de reeducação. Também temos notícias da família. Seu filho mais velho recentemente foi aprovado no vestibular, o que é outro motivo de louvor. Yimiti está muito entusiasmado por esse novo capítulo na vida do filho.

O ex-líder de igreja doméstica foi condenado em 2009 a 15 anos de prisão por supostamente “instigar o separatismo e revelar segredos de estado”. No entanto, pessoas próximas ao caso insistem que ele foi preso por causa da fé cristã e testemunho entre o povo uigur. Vamos continuar orando pelo pastor Yimiti e família e também por todos os cristãos perseguidos que estão em campos de reeducação na China. O país ocupa a 43ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018.

Leia mais
Cristãos uigures são acusados de revelar segredos de estado
Cristão uigur detido há 10 meses ainda não foi julgado
Pastor chinês é condenado a 15 anos de prisão


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE