Presenteie cristãos afegãos com o evangelho

A Portas Abertas encontrou uma maneira alternativa de transmitir a palavra de Deus no país. Veja como você pode fazer parte disso neste Natal

Professar a fé em Cristo vivendo no Afeganistão é algo impensável de se fazer. Importar ou possuir Bíblias e demais literaturas cristãs também são atos arriscados, resultando até em morte. É cada vez menor o número de seguidores de Jesus no país, por isso é difícil o desenvolvimento de projetos de ajuda aos cristãos. Na realidade, eles vivem a fé em segredo.

Se para as pessoas que são de famílias cristãs a situação é delicada, quando envolve a conversão de um muçulmano as coisas tornam-se ainda piores. Alguns são mortos quando a nova fé é descoberta, outros são internados em clínicas psiquiátricas, muitos têm as propriedades destruídas ou transferidas para outros. O Afeganistão ocupa a 2ª colocação na Lista Mundial da Perseguição 2019, ficando atrás apenas da Coreia do Norte.

Nesse contexto, a evangelização comum feita por meio de distribuição de materiais cristãos, testemunhos em lugares públicos e até reuniões para comunhão não são possíveis. Outro fator que também dificulta levar Cristo até os afegãos é o monitoramento severo da internet. A perseguição atual torna difícil acreditar que o cristianismo possa ter chegado no Afeganistão no século 2.

Presentes de Esperança

Para que o evangelho ultrapasse as fronteiras e alcance a população, a Portas Abertas tem buscado maneiras alternativas para compartilhar Jesus. Uma delas é a transmissão do evangelho aos cristãos afegãos. Neste Natal, dê Presentes de Esperança e possibilite que cristãos sejam alcançados pela difusão da Bíblia no Afeganistão. Por meio do conteúdo que entra no país, os seguidores de Jesus podem se aprofundar no amor do pai.