Seis famílias cristãs são perseguidas no Vietnã

Os membros da comunidade não concordam com a fé das famílias

| 03/09/2021 - 06:00

Famílias cristãs perderam a colheita, água e até os campos de arroz por causa da perseguição no Vietnã

Famílias cristãs perderam a colheita, água e até os campos de arroz por causa da perseguição no Vietnã


Seis famílias, cerca de 25 cristãos, da tribo hmong no Noroeste do Vietnã tornaram se cristãs e foram assediadas por aldeões e autoridades locais. Eles são as primeiras pessoas na aldeia a se afastar da crença animista para seguir a Jesus. Por isso, parentes e vizinhos tomaram a colheita de arroz e milho deles, bloquearam a fonte de água para as fazendas e confiscaram os campos de arroz das famílias. Mais tarde, as autoridades locais cortaram toda a assistência social e subsídios que as famílias recebiam do governo. 

 
Em 22 de julho, a mãe de Toan*, um dos cristãos, faleceu e os primos dele e os aldeões o forçaram a fazer um funeral da tribo que inclui rituais e sacrifícios, que são caros e contraditórios à crença cristã. Mas Toan se recusou a fazê-lo. Poucos dias depois, os aldeões forçaram ele e a família a negar a fé em Jesus. Quando recusaram, o cristão foi agredido e teve a casa destruída e todos os seus pertences estragados ou roubados.  

 
A família de Toan teve que se mudar da aldeia e agora está temporariamente na casa de um amigo cristão. Por causa do que aconteceu e da pandemia em curso, Toan não consegue encontrar um emprego e luta para colocar comida na mesa. Apesar desses incidentes, o seguidor de Jesus e outras cinco famílias continuam firmes e se recusam a renunciar à fé em Jesus. Os parceiros locais da Portas Abertas estão acompanhando as seis famílias e planejam fornecer ajuda a eles com alimentos e roupas para as crianças, além de apoio para Toan reconstruir a casa em que vivia. 

 
*Nomes alterados por segurança. 

 
Pedidos de oração 

  • Apresente em oração as famílias recém-convertidas e peça para que permaneçam firmes na fé, mesmo diante da perseguição. 
  • Interceda por força e a proteção de Deus para essas famílias, especialmente aquelas que ainda estão na aldeia. 
  • Clame também por sabedoria e proteção para os parceiros locais da Portas Abertas que estão apoiando os seguidores de Jesus. 

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE