Suspeitos de ataque a ônibus de cristãos são mortos

Governo se compromete a indenizar famílias das vítimas de ataque assumido pelo Estado Islâmico

| 13/11/2018 - 00:00

Ore pelos cristãos perseguidos do Egito, que frequentemente são alvos de ataques (Imagem: EPA via Shutterstock)

Ore pelos cristãos perseguidos do Egito, que frequentemente são alvos de ataques (Imagem: EPA via Shutterstock)


O Ministério do Interior do Egito afirmou que foram mortos 19 militantes islâmicos, suspeitos de serem responsáveis pelo último ataque a ônibus de cristãos na sexta-feira (2). Eles foram mortos em uma troca de tiros na região desértica a oeste de Minia, onde o ataque aconteceu. O Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque aos dois ônibus que levavam peregrinos a um monastério, que aconteceu quase no mesmo local do ocorrido em maio de 2017 e fez 28 mortos. No ataque de 2 de novembro, sete cristãos coptas morreram e cerca de 18 ficaram feridos.

Um colaborador local da Portas Abertas disse: “Eu tinha esperança de que pelo menos 2018 passasse sem nenhum ataque mortal sobre os cristãos pacíficos do Egito. Mas não é o caso. Outro funeral coletivo aconteceu em uma igreja copta que havia sido totalmente queimada pela Irmandade Muçulmana em agosto de 2013. A igreja foi reconstruída pelo exército; no entanto, o que cristãos despedaçados fariam em uma igreja bonita quando estão lá para dizer adeus aos seus amados?”

O presidente egípcio Abdel Fattah el-Sisi promoveu um minuto de silêncio pelas vítimas. O governo se comprometeu a dar cerca de 5.500 dólares em indenização para as famílias das vítimas. Um site de notícias do Egito reportou que entre os mortos havia membros da mesma família, inclusive crianças.

Pedidos de oração

  • Ore para que os cristãos perseguidos possam viver em paz e segurança e que lhes sejam garantidos seus direitos de ser protegidos pela polícia.
  • Interceda pelas famílias enlutadas, para que recebam o consolo do Senhor.
  • Clame para que o reino de Deus se estenda no Egito, país que ocupa a 17ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018.

Leia mais
Sete peregrinos cristãos foram mortos no Egito

Leia também
Fortalecimento que permanece
Cristã egípcia vítima de ataque se trata na Alemanha
Cristãos coptas do Egito são indicado ao Nobel da Paz


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE