Tribunal vai investigar casos de violência no Burundi

| 10/05/2016 - 00:00


10-burundi-reuters.jpg

De acordo com informações do veículo de comunicação Voice of America, o Tribunal Penal Internacional (TPI) anunciou que vai realizar uma investigação preliminar sobre a violência ocorrida no Burundi. O TPI é uma instituição independente que julga pessoas acusadas de crimes que são de interesse internacional, como genocídio, crimes contra a humanidade e crimes de guerra. Ela se baseia num Estatuto do qual fazem parte 106 países, observando os mais altos padrões de julgamento, com suas atividades estabelecidas pelo Estatuto de Roma. Embora o tribunal não faça parte das Nações Unidas, ele mantém uma relação de cooperação com a ONU.

A procuradora-geral do TPI, Fatou Bensouda disse: ""Nosso departamento fez uma revisão sobre os relatórios de assassinatos ocorridos no Burundi, além de analisar casos de prisão, desaparecimentos, torturas e outras formas de violência"". Notícias da Reuters afirmam que especialistas da ONU citam que rebeldes estão envolvidos na maioria dos casos e muitos deles foram treinados por militares ruandeses. Há refugiados do Burundi vivendo em Ruanda e eles estão sendo recrutados por grupos armados não estatais.

""Sabemos que Burundi assinou o Estatuto de Roma, em 1999 e fez uma ratificação em 2004, motivo pelo qual autoriza que o ICC (International Criminal Court) faça suas investigações no país sem qualquer intervenção do Conselho de Segurança da ONU. O Burundi é um dos últimos de uma série de países africanos a ser investigado pelo TPI"", comenta um dos analistas de perseguição que acredita que muitos vão aplaudir essa ação e outros vão denunciar, principalmente os causadores das ações investigadas. ""Para os cristãos, é uma luz no fim do túnel, que traz esperança de justiça e que combate um pouco da impunidade"", conclui o analista.

Leia também
Crise no país piora e afeta ainda mais os cristãos
Crise em Burundi coloca a igreja em uma situação delicada
Líderes muçulmanos e cristãos promovem diálogo na África


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Facebook
Instagram
Twitter
YouTube

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE