Tunísia ainda está em estado de emergência

| 20/04/2016 - 00:00


30_Tunisia_Elections.jpg

De acordo com informações do Associated Press e do Washington Post, recentemente a Tunísia estendeu seu período de estado de emergência que começou em novembro de 2015, logo após os ataques violentos do Estado Islâmico. A decisão do presidente em prorrogar essa condição dá às forças de segurança do país maior autoridade sobre os grupos extremistas, mas por outro lado, suspende determinados direitos civis. A Líbia também vem sofrendo com o mesmo tipo de ataque e, normalmente, o alvo do Estado Islâmico é o povo cristão.

""A prorrogação do estado de emergência tunisiano mostra a vulnerabilidade do país em relação aos ataques de grupos jihadistas ativos em diversas regiões, não só na Tunísia, mas também na Líbia, que é um país vizinho. Percebe-se que as ações do grupo em ambos os países são coordenadas e semelhantes. Os militantes islâmicos estão se espalhando rapidamente"", comenta um dos analistas de perseguição.

A Tunísia se posiciona em 32º na Classificação da Perseguição Religiosa atual, enquanto a Líbia está em 10º. Ambos países subiram de posição em relação ao ano passado. Em 2015, a Tunísia ocupava o 36º lugar e a Líbia o 13º. Isso aconteceu por conta dos últimos incidentes cada vez mais intensos por parte do Estado Islâmico, instabilidade política e falta de segurança. Toda a população tunisiana continua impedida de sair às ruas no período das 20h às 5h da manhã, o que também impossibilita que as igrejas realizem cultos noturnos. ""O que tem aliviado essa tensão são os cultos domésticos, que além de fortalecer os cristãos, ajuda a manter a igreja de pé"", conclui o analista. Ore por essa nação.

Leia também
É tempo de alerta para os cristãos tunisianos
Cristãos da Tunísia suportam as provações com fé inabalável
Algumas igrejas domésticas escapam da perseguição


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE