No Sudão, escola bíblica reabre apesar de ataques