Como seria o Oriente Médio sem cristãos