A diferença de estar preparado

Cristão que participou de treinamento coloca ensinamentos em prática ao ser preso pela terceira vez

| 29/07/2022 - 08:00

Momento de culto em uma das sete igrejas plantadas por Inthy, pastor no Laos que já foi preso três vezes por motivos relacionados à fé em Jesus

Momento de culto em uma das sete igrejas plantadas por Inthy, pastor no Laos que já foi preso três vezes por motivos relacionados à fé em Jesus


Você já conheceu o começo da história de Inthy, cristão no Laos que foi preso por três vezes por amor a Jesus. Enquanto estava em liberdade, após a segunda prisão, ele participou do seminário de preparação para a perseguição oferecido pela Portas Abertas no país.

Inthy disse que os aprendizados o ajudaram a lidar com a prisão pela terceira vez. “A perseguição acontece quando você é filho de Deus, se você realmente o segue. Mas não importa o que aconteça, nosso pai nunca nos deixará ou abandonará. Além disso, cada passo para eu ser solto foi feito legalmente. As autoridades perceberam que meus direitos foram violados e diversos oficiais que participaram do meu caso foram demitidos. Agora, a comunidade me respeita mais do que antes, porém, entrei na lista negra das autoridades. Se fizer alguma coisa que as irrite, serei preso novamente.” O treinamento ajudou não apenas Inthy, mas também os demais membros da igreja enquanto ele esteve preso. Mesmo assim, ele sabe que sua vida está em constante risco.


Desde que começou o ministério como pastor, Inthy plantou sete igrejas em vilas diferentes, chegando a um total de 175 membros. “Jesus é nossa sombra e nosso escudo. Ele foi perseguido e nós também seremos. Sempre digo aos cristãos que aqueles que dedicam a vida a Cristo experimentarão sofrimento e isso abalará sua fé, mas Deus é fiel e nunca nos deixará.”


O Senhor respondeu as orações de Inthy por meio de apoio prático e encorajamento. “Eu fui preso três vezes por causa da minha fé. Mas por Deus, eu sempre fui solto. Sou grato pelas pessoas que oraram por mim, por aqueles que lutaram comigo por meio da lei e ajudaram minha família com os documentos no meu processo. Ao invés de dois anos, fiquei apenas cinco meses e 23 dias na prisão. Fui solto em janeiro de 2021. Muito obrigado por orar por mim e minha família. Deus respondeu nossas orações. Obrigado por serem um conosco nessa jornada.”


Sul da Ásia

Muitos cristãos no Laos, como Inthy, e em outros países no Sul da Ásia são perseguidos pelo Estado, enfrentando pressão das autoridades locais ou até mesmo sendo presos. Por isso, é tão importante que eles conheçam seus direitos como cidadãos. Com uma doação, você proporciona que cristãos perseguidos na região recebam treinamento para enfrentar a perseguição.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

© 2022 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE